Insatisfação do TJ-DF levou à criação de um novo princípio