STF julgará diretamente no Plenário ação contra proibição das saidinhas